Tai Chi Chuan Tradicional é a sua prática 

art140 tcchuantradicional1 art140 tcchuantradicional2

Quando se pratica Tai Chi Chuan, e necessário aprender a função dos movimentos é a sua aplicação.
Como em qualquer  aprendizagem aprende-se a base,  no Tai Chi Chuan, primeiro aprende-se o essencial que é, como realizar os movimentos correctos e os seus encadeamentos, numa segunda fase vai-se aprendendo estes aliados aos princípios da movimentação e a teoria sobre esta arte marcial chinesa.

O Tai Chi Chuan como os seus movimentos lentos e controlados, ...  e por vezes intensamente sentidos "de forma meditativa", promovem o relaxamento e a saúde e por fim o conceito de auto-defesa.



Uma arte que se aprende que seja de integração com a vida do praticante, onde de forma individual se faz a entrega, a uma filosofia que está por traz da filosofia e do símbolo do Tai Chi, na pratica das formas onde há força é o Yang que expressa com os movimentos fortes e vigorosos nas formas, o Ying é suave e gentil, ambos promovem o cultivo da energia quando se pratica as formas, para aumentar a qualidade da saúde e da vida. 

Yang é forte e rápido e é usado/ interpretado de forma clara como aplicação marcial e ou combate. Ao praticar a estrutura do Tai Chi Chuan “a forma”, pratica-se na alternância entre o ying e yang ,abrir fechar, cima baixo, frente trás, e a aplicação marcial apresenta-se na sua máxima expressão integrado os dois elementos ying e yang . Ying é macio, fechado, cultivado, silencioso o seu oposto… yang por sua vez é duro, forte, aberto rápido, vigoroso e entrega-se ao poder.
A combinação destes princípios, aparentemente opostos, e quando aplicadas ao principio filosofia adjacente das polaridades, é, aplicada na pratica com os movimentos em combinação com a mente, qi e espírito,  produzindo o seu máximo efeito quer na expressão marcial quer na expressão de saúde e bem estar físico.